terça-feira, 6 de dezembro de 2016

Prefeitura limpa Cascata dos Amores e revitaliza canteiros


Limpeza e revitalização de áreas públicas - Foto: PMT
 
A Secretaria de Serviços Públicos vem intensificando os trabalhos de limpeza e revitalização das áreas públicas de Teresópolis.
 
A Prefeitura começou um trabalho paisagístico para embelezar os canteiros centrais da Rua Waldir Barbosa Moreira, em frente à Rodoviária. O plantio de novas mudas vindas do Horto Municipal está sendo executado pelos funcionários da pasta.
 
Outro local que vem recebendo ações de limpeza é a Cascata dos Amores. Ponto turístico, o lugar costuma ser frequentado por visitantes e banhistas, principalmente no verão. Segundo o encarregado, até o momento já foram feitas roçada e capina de toda área. Para os próximos dias está prevista a limpeza da piscina.

A magia do Natal no 'Música na Matriz'


Pastoril de Natal - Foto: PMT
 
Natal e criança têm tudo a ver. E essa combinação feliz foi a tônica do espetáculo do projeto “Música na Matriz” neste domingo, 4 de dezembro, com a Pastoril de Natal dos alunos da Escola George March e do Coral da Casa de Portugal — mais um evento da programação do “Natal Encantado: a Magia do Natal em Teresópolis”. Afinados e concentrados, os pequenos cantores — todos menores de dez anos — acompanharam os adultos em cantigas populares que fazem parte dos festejos de fim de ano cristão.
 
Em vez do programa impresso, foi distribuído um texto poético sobre São Francisco de Assis com o título “Natal”, lembrando que o santo italiano foi o primeiro a montar um presépio para homenagear o nascimento do Menino Jesus. “Lá vai Francisco/ tão pobrezinho (...)”, cantavam os “miúdos”, alguns vestidos de anjos. “Borboleta pequenina/ saia fora do quintal (...)”, continuavam eles, entoando cantigas para uma igreja lotada, com muitos adultos fotografando seus pequenos.
 
O espetáculo durou por volta de 45 minutos. O tempo certo para emocionar a todos sem cansar público e cantores. A diretora do projeto, Célia Seabra,  também participou, cantando duas vezes com o coral. A subsecretária de Cultura, Cléo Jordão acompanhou a apresentação. Ao final era evidente a emoção dos que assistiram ao coral de pequenos e grandes artistas.

SINE Teresópolis divulga novas vagas de empregos

Vagas de empregos formais no SINE Teresópolis
 
A Secretaria Municipal de Trabalho, Emprego e Economia Solidária informa o quadro de vagas de emprego disponíveis no Sine - Teresópolis:

02           AUXILIAR DE LINHA DE PRODUÇÃO
01           AUXILIAR DE MECÂNICO DIESEL (EXCETO DE VEÍCULOS AUTOMOTORES)
01           CASEIRO
01           LAVADOR DE PRATOS
01           ELETRICISTA
02           MECÂNICO DE MOTOR A DIESEL
01           LAVADEIRO EM GERAL
03           OFICIAL DE SERVIÇOS GERAIS NA MANUTENÇÃO DE EDIFICAÇÕES
02           COZINHEIRO (A) C/ EXPERIÊNCIA COMPROVADA EM CTPS E REFERÊNCIA
01           OPERADOR DE CAIXA


Vinculado à Secretaria de Trabalho, Emprego e Economia Solidária, o Sine funciona no Centro Administrativo Municipal Manoel Machado de Freitas (Av. Lúcio Meira, 375/1º piso, Várzea). O atendimento ao público acontece de segunda a sexta, das 8h às 17h.

terça-feira, 29 de novembro de 2016

Engenheira do Unifeso apresenta pesquisa no ICMBio


Engenheira Cristiane Tiemi Yoshikawa - Foto: Unifeso
 
Elaborado pela engenheira Cristiane Tiemi Yoshikawa, ex-aluna do curso de Engenharia Ambiental e Sanitária do Centro Universitário Serra dos Órgãos (UNIFESO), a pesquisa “Investigação Quali-Quantitativa nos trechos do Jardim Serrano e Quebra Frascos inseridos na Zona de Amortecimento do PARNASO, Teresópolis, RJ”, foi apresentado no VIII Seminário de Pesquisa e VIII Encontro de Iniciação Científica do Instituto Chico Mendes (ICMBio), realizado em setembro, em Brasília (DF). Desenvolvido no âmbito do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica – PIBIC/ ICMBio, no ciclo 2015/2016, na modalidade voluntária, a pesquisa faz parte do projeto “Pesquisa-ação com as comunidades do Jardim Serrano e Quebra-Frascos: Educação Ambiental e Participação Sociopolítica na Gestão Ambiental Pública”.
 
Parceria entre o UNIFESO e o Parque Nacional da Serra dos Órgãos (PARNASO), a pesquisa foi orientada pelo analista ambiental e coordenador de educação ambiental Marcus Machado Gomes e coorientado pela Profa. Dsc. Maria Helena Carvalho da Silva, do curso de Engenharia Ambiental e Sanitária, com apoio de estudantes de Engenharia Ambiental e Sanitária, Engenharia de Produção e Ciências Biológicas.
 
Cristiane conta que, após apresentação em painel, entre trinta e quatro graduandos de Iniciação Científica participantes, seu trabalho foi escolhido entre os oitos melhores apresentados no PIBIC/ICMBio (2015/2016), para apresentação oral no encerramento no seminário.
 
“Agradeço ao meu orientador, minha coorientadora, nossa equipe do Projeto Pesquisa-Ação, minha eterna coordenadora Vivian Paim, meus professores Maria Isabel Lopes, Roberta Martins e Guilherme Hissa. A toda equipe do PARNASO, em especial Isabela Deiss de Farias, Jorge Luiz do Nascimento e Cecília Cronemberger de Faria,  e  ao comitê e equipe do PIBIC/ICMBio, por abrirem frentes de trabalho e apoio à pesquisa, por permitirem a evolução do conhecimento de futuros profissionais, na extensa e estreita caminhada na preservação e conservação de nossos bens naturais. Jamais me esquecerei desta ação transformadora”, agradeceu Cristiane.

sábado, 26 de novembro de 2016

Análise atualizada da água das fontes de Teresópolis

Fontes de Teresópolis - Imagem meramente ilustrativa
 
A Secretaria Municipal de Saúde divulgou o resultado do exame microbiológico feito nesta quinta-feira, dia 24, em 13 pontos. De acordo com as amostras coletadas e analisadas pelo Laboratório Bacteriológico de Análise de Água para Consumo Humano, da Secretaria Municipal de Saúde, as fontes Amélia (Alto), Fonte Santa, Saúde (Tijuca)  e Taumaturgo encontram-se impróprias para consumo.

Como a água pode sofrer variações de potabilidade, devido a alterações climáticas e do ambiente do entorno onde as fontes se localizam, os usuários são orientados a sempre ferver ou filtrar e clorar a água antes de ser consumida. Sendo assim, após filtração, devem ser adicionadas duas gotas de hipoclorito de sódio a 2,5% (água sanitária) para cada litro de água. Depois, espera-se 30 minutos antes de utilizar. O procedimento atende a Portaria 2.914/2011, do Ministério da Saúde, que dispõe sobre os procedimentos de controle e de vigilância da qualidade da água para consumo humano e seu padrão de potabilidade.

O monitoramento microbiológico da água das fontes da cidade é feito por equipe do Programa Vigiágua, setor ligado à Divisão de Vigilância Ambiental da Secretaria de Saúde. Atendendo determinação do Ministério da Saúde, o acompanhamento é periódico, a fim de garantir que a água consumida pela população atenda ao padrão e normas estabelecidas na legislação vigente.

Resultado do exame microbiológico das águas das fontes:

Fonte Alexandre Fleming - Própria para consumo
Fonte Brahma (Várzea) - Própria para consumo
Fonte Granja Guarani - Própria para consumo
Fonte João Raposo (Tijuca) - Própria para consumo
Fonte Judith (Alto) - Própria para consumo
Fonte Perpétuo - Própria para consumo
Fonte Santa Ângela (Vale do Paraíso) - Própria para consumo
Fonte São Sebastião (Pimenteiras) - Própria para consumo
Fonte 7 Tanques (Rosário) - Própria para consumo
Fonte Amélia (Alto) - Imprópria para consumo
Fonte Fonte Santa - Imprópria para consumo
Fonte Saúde (Tijuca) - Imprópria para consumo
Fonte Taumaturgo - Imprópria para consumo

Jornada Científica de Medicina Veterinária do Unifeso

Jornada Científica do curso de Medicina Veterinária - Foto: Unifeso
 
De 16 a 24 de novembro aconteceu a XXV Jornada Científica do curso de Medicina Veterinária do Centro Universitário Serra dos Órgãos (UNIFESO), com bancas públicas de apresentação dos Trabalhos de Conclusão de Curso (TCCs) dos graduandos, no Campus Quinta do Paraíso, na Prata. No dia 16 houve a solenidade de abertura, seguida da conferência “O papel do CRMV/RJ e os aspectos éticos e de mercado da profissão do Médico Veterinário”, pelo médico veterinário Marcelo Hauaji de Sá Pacheco, vice-presidente do Conselho Regional de Medicina Veterinária no Rio de Janeiro (CRMV/RJ) e membro da Comissão Nacional da Educação Veterinária.

O convidado relacionou o processo de formação com o universo do mercado de trabalho. “A formação humanística, o trabalho em equipe, a dedicação e a participação no processo de aprendizado são fundamentais para o futuro profissional”, observou o palestrante, elogiando a coordenação e a metodologia do curso de Medicina Veterinária do UNIFESO. “Aqui vocês têm um curso fantástico, que se destaca não só no Estado do Rio de Janeiro como nacionalmente”, afirmou.

Para a estudante Yasmim França Mattos, “a palestra foi muito realista e fez muitos estudantes acordarem em relação a valorização da profissão”, notou. Ela está entre as formandas que apresentaram sua pesquisa para o Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) no evento. Sob a orientação da professora Roberta Rollemberg Cabral Martins, Yasmin desenvolveu o trabalho “Manejo de granja sob a perspectiva de produção mais limpa no município de São José do Vale do Rio Preto (RJ)”.



quinta-feira, 24 de novembro de 2016

Pesquisa de estudante premiada em evento nacional


Danilo Amaral da Fonseca no ENANGRAD - Foto: Unifeso
 
A pesquisa “Educação Financeira no ensino fundamental II em Teresópolis”, do estudante Danilo Amaral da Fonseca, do curso de Administração do Centro Universitário Serra dos Órgãos (UNIFESO) foi um dos vinte artigos selecionados no Brasil inteiro para ser apresentado no XXVII Encontro Nacional dos Cursos de Graduação em Administração (ENANGRAD), realizado de 19 a 21 de novembro na Universidade Presbiteriana Mackenzie, em Campinas (SP). “Foi uma experiência muito boa porque minha apresentação teve a presença de professores muito bem qualificados da área de Finanças que se interessaram no projeto e pediram para dar continuidade aprofundando e ampliando os cenários da pesquisa”, contou Danilo.
 
O ENANGRAD tem grande destaque no cenário educacional brasileiro e vem se consolidando como o maior evento da graduação em Administração na América Latina. Neste ano o encontro abordou o tema “Metodologias de aprendizagem e suas relações com o mundo do trabalho”. Para Danilo, sua pesquisa chamou a atenção para o evento porque “diante a atual situação financeira que o país está vivendo é importante começar a educação financeira desde pequeno”.
 
Além da sua apresentação, o estudante aproveitou para atualizar seus conhecimentos participando de outras atividades. “Entre elas, foi muito interessante a oficina que tratou das questões do ensino proativo e da sala de aula ‘invertida’ nas universidades, o que chamam também de metodologia ativa, pois trabalha o ensino-aprendizagem de forma muito dinâmica. Esse assunto foi muito discutido no evento”, contou.
 
Sobre a pesquisa
 
O trabalho “Educação Financeira no ensino fundamental II em Teresópolis” começou em 2015 quando Danilo se inscreveu no Programa de Iniciação Científica, Pesquisa e Extensão (PICPE) do UNIFESO com a professora Roberta Montello Amaral. “A professora Roberta, ao ver os livros de sétimo ano, que é quando se aprende os números inteiros na escola, percebeu que todos usavam exemplos de como ficar devendo dinheiro ao banco e saldo devedor. A ideia foi fazer um levantamento entre as escolas públicas e privadas do município de Teresópolis e saber a forma pela qual são abordados os números inteiros para todos os alunos realmente em todos os livros, qual é a preocupação da educação financeira e se existe diferença entre o ensino público e o privado neste ensino”.
 
Segundo Danilo, toda a comparação foi feita utilizando uma ferramenta estatística para comprovar os resultados. “No final vimos que praticamente 6% dos exercícios do colégio público de números inteiros apresentam exemplos como ‘ficar devendo dinheiro ao banco’ e ‘saldo devedor’, e nos colégios particulares esse volume passa de 7%. Com isso concluímos que os estudantes do ensino privado, quando comparados aos do colégio público, estão mais suscetíveis a esse tipo de ensino que consideramos que vai ao encontro da educação financeira”, relatou o estudante, que elaborou junto a professora Roberta duas ferramentas para inserir o ensino de educação financeira nas escolas.

terça-feira, 22 de novembro de 2016

Prefeito anuncia inauguração do Centro de Diálise


O prefeito Tricano anunciou no Pedrão - Foto: PMT
 
O prefeito Mario Tricano anunciou nesta segunda-feira, 21, que o Centro Municipal de Diálise será inaugurado nesta quinta, dia 24, às 10h da manhã. O prefeito fez questão de dar a boa notícia aos pacientes pessoalmente. O encontro aconteceu nas dependências do Ginásio Pedro Jahara (Pedrão), local de saída para as viagens dos pacientes até Itaboraí para o tratamento de hemodiálise.
 
“Desde que assumimos a Prefeitura, há 10 meses, estamos nos empenhando para acabar, ou pelo menos diminuir, o sofrimento dos pacientes. Enquanto não tiver a verba do governo federal, que é quem paga o tratamento de hemodiálise, a Prefeitura se compromete a custear as despesas para funcionamento da clínica, mesmo estando em uma situação financeira difícil. Convido todos os pacientes e familiares para a inauguração no dia 24 e dia 29 todos estarão fazendo hemodiálise aqui em Teresópolis”, afirmou Mario Tricano.
 
O secretário de Saúde, Julio Cesar Ambrósio, ressaltou que a abertura da unidade vai trazer alívio, conforto e melhor resposta no tratamento. “É realmente um marco para Teresópolis. Com a clínica pronta, estávamos lutando para resolver o problema dos pacientes. E definitivamente a gente traz a notícia que vai proporcionar alívio, conforto e eficácia no tratamento deles”.
 
O secretário municipal Raphael Teixeira lembrou a luta dos pacientes e o apoio dado a eles em seu programa de rádio. “Hoje quando o prefeito Tricano anunciava a inauguração do Centro de Hemodiálise lembrei-me da luta de anos para que os pacientes pudessem ter agora essa boa notícia. Abrimos as portas da Rádio Geração 2000 para eles e no meu programa ‘Conversando com Raphael Teixeira’ tiveram espaço para falar sobre o sofrimento de ter que viajar três vezes por semana para fazer o tratamento fora da cidade. O prefeito assumiu em janeiro desse ano e, em alguns meses, conseguimos resolver essa questão, sempre dentro dos prazos legais. Muito me orgulha fazer parte desse anúncio”.
 
Os pacientes receberam a notícia da abertura da clínica de diálise com imensa satisfação. Para Camila Lima, que precisa fazer hemodiálise há 16 anos, voltar a ter o atendimento na cidade é um sonho realizado. “Esses três últimos anos foram os mais cansativos para mim, por causa das viagens. Agradeço ao prefeito Mario Tricano, que tomou a decisão que a gente precisava.”, disse Camila.

quinta-feira, 17 de novembro de 2016

Copa Rio de Ciclismo reúne 300 atletas em Teresópolis


Copa Rio de Janeiro de Ciclismo - Foto: Jorge Maravilha
 
Cerca de 300 atletas de diversos estados do país participaram da 5ª e última etapa da Copa Rio de Janeiro de Ciclismo, nesta terça, dia 15, em Teresópolis. Com largada e chegada na Avenida Feliciano Sodré, a corrida teve 25 categorias, desde ‘Estreante’ até ‘Veterano’. Com organização do Instituto Faça, a competição contou com o apoio da Prefeitura.
 
O secretário municipal de Esportes e Lazer, Luiz Otávio Oliveira, fez um balanço dos eventos que vêm acontecendo na cidade, ressaltando a parceria público-privada na realização das competições. “Nesse período de 10 meses foram promovidas diversas competições em várias modalidades esportivas, sempre em parceria com a iniciativa privada. Estamos trabalhando com a credibilidade do governo junto aos empresários e organizadores para que esses eventos aconteçam”.
 
Antônio Costa Velho, secretário de Segurança Pública, agradeceu aos funcionários da Guarda Municipal que atuaram na orientação do trânsito durante no evento. “Agradeço a dedicação dos funcionários da Guarda Municipal, sob o excelente trabalho de coordenação da subsecretária Renata de Paula”.
 
Competiram corredores entre 14 e 80 anos. O teresopolitano Igor Santana, de 18 anos, que chegou em 2º lugar na sua categoria na etapa, comentou sobre o início da carreira. “Eu comecei a competir há dois anos. Na minha primeira corrida tinham 35 ciclistas concorrendo na categoria e fiquei em 8º lugar. Esse resultado me estimulou a continuar e estou aprendendo muito sobre o que é o ciclismo e a vida de atleta profissional”.
 
Aos 80 anos, ‘Bilica’, morador de Valença, na região sul do estado, pratica o ciclismo desde a adolescência. O atleta falou do orgulho de ver o amor pelo esporte ser compartilhado com o filho. “Eu sou ciclista desde os 16 anos de idade. O ciclismo é o que eu mais gosto de fazer na vida. Tenho um filho com 18 anos que está competindo também e me sinto feliz em ver que ele está seguindo o caminho do esporte”, disse emocionado o atleta.
 
A paulista Ana Carolina Reis participou de todas as etapas da Copa e ficou feliz com a conquista do 1º lugar em Teresópolis. “Essa adrenalina das competições é muito boa. Participei de todas as etapas da Copa Rio e o 1º lugar na minha categoria aqui em Teresópolis me deixou muito feliz”, comentou Ana Carolina, que estava acompanhada do namorado e ciclista Giuliano Bertolaci.

Serra Comics realiza atividades para estudantes do Unifeso


Rodrigo Miguel, organizador do evento - Foto: Unifeso
 
O Centro Universitário Serra dos Órgãos (UNIFESO) sediou a segunda edição deste ano do Festival Nacional de Quadrinhos e Cinema de Animação – Serra Comics 2.0, entre os dias 7 e 9 de novembro com palestras, exposições e oficinas exclusivas sobre o mercado de quadrinhos e cinema de animação.
 
Uma das maiores empresas do cinema de animação do Brasil, o Combo Estúdio realizou uma palestra exclusiva para os estudantes dos cursos de Pedagogia e Ciência da Computação sobre a indústria criativa e a tecnologia da animação durante o festival. Entre as produções do estúdio estão “Imagine Game of Thrones por Disney” e “Livro Ilustrado Contos de Maurício de Souza”, além do projeto “Any Malu”, que conquistou mais de 900 mil inscritos no YouTube.
 
O evento contou também com a exibição de clássicos dos estúdios Warner Animation, em versões exclusivas e remasterizadas. Os estudantes participaram também do sorteio de versões de quadrinhos da nova série da Netflix “Marvel's Luke Cage”. O festival ofereceu ainda oficinas gratuitas de Character Design 3D, ministradas por Rodrigo Miguel, organizador do evento e autor do livro “Design de Mascotes: Guia Prático”.
 
“Realizamos esse evento há dez anos e agora foi a primeira vez que tivemos uma segunda edição no mesmo ano. Antes fazíamos grandes eventos para muita gente, mas observamos que existem públicos específicos. Tem muita gente que curte a Marvel como fã, mas há também aqueles que curtem de forma profissional. Os quadrinhos e a animação são fantásticos como instrumentos acadêmicos e didáticos, tanto na informática quanto no âmbito pedagógico também”, afirmou Rodrigo.
 
A edição especial do Festival Nacional de Quadrinhos e Cinema de Animação aconteceu também como parte das comemorações dos 50 Anos da Fundação Educacional Serra dos Órgãos (FESO). “É muito importante ver esse auditório cheio e essa bonita integração ente os cursos. A gente sempre procura oferecer palestras que sejam informativas que tragam novas experiências como esta”, destacou o professor Laion Manfroi, coordenador do curso de Ciência da Computação. “Agradecemos ao Rodrigo, que é um antigo parceiro nosso, por nos trazer uma palestra como esta que é muito importante tanto para o curso de Pedagogia quanto para o curso de Ciência da Computação”, enfatizou a professora Maria Terezinha Espinosa, coordenadora do curso de Pedagogia.