sexta-feira, 26 de maio de 2017

Vacinação contra a gripe segue até o dia 9 de junho


Baixa procura prorroga campanha - Foto de arquivo

Prorrogada pelo Ministério da Saúde devido à baixa procura, a campanha nacional de vacinação contra influenza segue até o dia 9 de junho. De acordo com balanço parcial da Secretaria Municipal de Saúde, Teresópolis registra 22.916 doses aplicadas. A imunização acontece nos PSFs e unidades básicas de saúde, com atendimento de segunda a sexta, das 8h às 17h.

A meta do município é imunizar 48.069 pessoas que compõem o público alvo: indivíduos com 60 anos ou mais de idade; crianças de seis meses a menores de cinco anos; gestantes; puérperas (até 45 dias após o parto); trabalhadores da saúde; professores das escolas públicas e privadas; e pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais (necessária prescrição médica).

Balanço parcial da Coordenação de Imunização/Secretaria Municipal de Saúde:

Idosos: 13.280 doses aplicadas = 60,10%
- Meta: 22.093

Crianças: 2.022 doses aplicadas = 21%
 - Meta: 9.600 

Trabalhadores da Saúde: 1.592 doses aplicadas = 30,26%
- Meta 5.260

Gestantes: 533 doses aplicadas = 31%
- Meta 1.718

Puérperas: 136 doses aplicadas = 48,22%
- Meta 282

Comorbidades: 4.293 doses aplicadas = 57,88%
- Meta: 7.416

Professores: 1.060 doses aplicadas = 62.35%

- Meta: 1.700


Defesa Civil Municipal abre curso de formação de voluntários


Curso de formação de voluntários de Defesa Civil

Serão abertas no dia 1º de junho as inscrições para mais um curso gratuito de formação de voluntários de Defesa Civil. Realizada no período de estiagem, a ação preventiva tem o objetivo de preparar a população para o período de chuva, além de revitalizar os núcleos comunitários, conhecidos como NUDECs, e implantar novos. Atualmente, Teresópolis tem 25 núcleos comunitários de Defesa Civil, na cidade e no interior, com 470 voluntários.

“Com o curso, a Defesa Civil prepara as pessoas das comunidades para dar o primeiro atendimento, no caso de alguma eventualidade, até a chegada dos órgãos de socorro. Vamos revitalizar os NUDECs, verificar os pontos de apoio existentes e as rotas de fuga nas áreas de risco. Esse é o nosso planejamento de preparação para o próximo período de chuva”, explica o coronel Anibal Ornelas, secretário municipal de Defesa Civil.

Qualquer pessoa interessada, a partir dos 18 anos, poderá se inscrever. Quem já fez o treinamento poderá se matricular para atualizar os seus conhecimentos. Com duração de uma semana, o curso noturno será realizado nos bairros, em data a ser definida. No final, o aluno que completar as horas receberá diploma e carteira de identificação.

“O trabalho da Defesa Civil é proteger vida. Pedimos a participação da comunidade para melhorar o atendimento para a própria comunidade”, conclui o coronel Anibal.

As inscrições para o curso gratuito de formação de voluntários de Defesa Civil poderão ser feitas a partir do dia 1º de junho pelo telefone (21) 2742-7025 ou pelo email defesaciviltere@gmail.com. A Defesa Civil de Teresópolis funciona no 2º piso do Centro de Informações Turísticas do Soberbo, de segunda a sexta, das 9h às 18h.

APAE Teresópolis inaugura laboratório de informática


Inauguração do laboratório de informática da APAE - Foto: PMT

O professor Leandro Souza, do Curso de Turismo da UERJ, autor do livro ‘Princesas com piolho’, cujo valor recebido com a venda foi usado na instalação do laboratório de informática da APAE Teresópolis, foi enfático ao comentar: “Participar do dia a dia da instituição e trabalhar em prol desta causa, faz de todos pessoas melhores, é uma oportunidade de crescer enquanto ser humano”.

Carla Tricano, secretária de Desenvolvimento Social, falou da importância do momento e de como é urgente buscar alternativas para inserir cada vez mais o cidadão na vida em sociedade. “Tenho certeza de que estamos trabalhando para construir um novo olhar para os cidadãos e suas necessidades específicas, lembrando sempre de garantir os direitos de cada um”.

terça-feira, 23 de maio de 2017

Praça da Feirinha de Teresópolis recebe conservação

Praça Higino da Silveira recebeu faxinaço - Foto: PMT
A Praça Higino da Silveira, sede de um dos mais procurados pontos turísticos da cidade, a Feirinha de Teresópolis, recebeu nesta terça, 23/05, uma operação faxinaço, realizada por funcionários da Secretaria Municipal de Trabalho, responsável pelo atrativo.

Jardinagem, limpeza e conservação foram alguns dos serviços executados, com o objetivo de manter o espaço público em condições de receber a população que utiliza o local durante a semana, bem como o grande público que visita o atrativo turístico nos sábados e domingos e feriados prolongados.

SINE Teresópolis divulga novas vagas de empregos

Vagas de empregos formais no SINE Teresópolis

A Secretaria Municipal de Trabalho, Emprego e Economia Solidária informa o quadro de vagas de emprego disponíveis no Sine - Teresópolis:


06            AJUDANTES DE MOTORISTA, MASCULINO
05            ARMADORES DE FERRAGENS, MASCULINO
02            AUXILIARES DE LINHA DE PRODUÇÃO, MASCULINO
04           CARPINTEIROS, MASCULINO
01           COSTUREIRA EM GERAL, FEMININO
02           COZINHEIROS DE RESTAURANTE, MASCULINO E FEMININO
01            ELETRICISTA DE AUTOMÓVEIS, MASCULINO
01           LAVADEIRA DE ROUPA À MAQUINA INDUSTRIAL, FEMININO
08           PEDREIROS, MASCULINO
10           PROMOTORES DE VENDAS, MASCULINO E FEMININO
02           REPOSITORES DE MERCADORIAS, FEMININO
01           RECEPCIONISTA, MASCULINO
01           VENDEDOR, MASCULINO
01           TÉCNICO EM ENFERMAGEM, FEMININO
06           VAGAS PARA PESSOAS COM DEFICIÊNCIA FÍSICA (PCD)



Vinculado à Secretaria de Trabalho, Emprego e Economia Solidária, o Sine funciona no Centro Administrativo Municipal Manoel Machado de Freitas (Av. Lúcio Meira, 375/1º piso, Várzea). O atendimento ao público acontece de segunda a sexta, das 8h às 17h.

Teresópolis sedia Campeonato Brasileiro de Hóquei sobre Patins

Campeonato de Hóquei sobre Patins - Imagem: Divulgação

De 29 de maio a 3 de junho, Teresópolis será sede do 41º Campeonato Brasileiro Adulto de Hóquei sobre Patins, com partidas realizadas a partir das 16h no Ginásio Pedro Jahara, o Pedrão (Rua Tenente Luiz Meirelles, 211, na Várzea). Essa importante competição vai marcar os 60 anos da história do hóquei em Teresópolis.

Com realização da Confederação Brasileira de Hóquei e Patinação (CBHP) e da Federação de Hóquei e Patinagem do Estado do Rio de Janeiro (FHPRJ) e organização do Teresópolis Hóquei Clube (THC), o campeonato tem parceria da Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Esportes e Lazer.

Oito times vão participar do evento:

Teresópolis Hóquei Clube e Casa de Portugal de Petrópolis, do Rio de Janeiro; o atual campeão Mogiana, Portuguesa, Internacional de Regatas e Sertãozinho, de São Paulo; Sport e Clube Português de Recife, de Pernambuco.

Beneficiários do Bolsa Família devem ir aos Postos de saúde


Benefício poderá ser bloqueado - Imagem ilustrativa

As Secretarias municipais de Desenvolvimento Social e de Saúde informam que os beneficiários do Programa Bolsa Família de Teresópolis têm até o dia 23 de junho para procurar o posto de saúde mais próximo de sua residência.

O objetivo é comprovar que estão cumprindo os requisitos de cuidados básicos, como acompanhamento de saúde e vacinação dos filhos. Quem não comparecer poderá ter o benefício bloqueado.

As famílias participantes do programa devem levar seus filhos de 0 a 7 anos ao posto de saúde para verificação de peso e altura, munidos dos cartões de vacinação. As gestantes e mulheres que estão amamentando, entre 14 a 44 anos, também devem comparecer. Todos precisam levar o cartão do Bolsa Família e a caderneta de vacinação.

sexta-feira, 19 de maio de 2017

Olimpíadas do CESO: competições e muita diversão


Olimpíadas do CESO acontecem desde 2003 - Foto: Unifeso

Evento que integra estudantes, pais e responsáveis, professores e dirigentes do Centro Educacional Serra dos Órgãos em competições sadias e cheias de diversão, as Olimpíadas do CESO têm mantido sua tradição desde 2003 com muito louvor. Neste ano a cerimônia de abertura, realizada no sábado, dia 6 de maio, reuniu grande público prestigiando o momento que é celebrado com hinos, passagem da tocha, apresentações e jogos amistosos.

O vendedor Bruno Silveira, pai dos estudantes João Pedro, Ana Luisa e Ana Beatriz se empolgou no jogo de abertura entre as equipes de professores e responsáveis e entrou no clima do evento. “Participo para dar exemplo aos estudantes de que o importante é participar e interagir com as pessoas”, disse.

A professora Roberta Monteiro, diretora do CESO, ressaltou que o principal objetivo é estimular os estudantes ao desporte de maneira saudável. “Reunimos nossos ‘atletas’ para participarem em um clima amistoso de companheirismo e solidariedade. Apesar da competição estar presente não é o foco do evento, incentivamos acima de tudo o espírito de equipe”, observou. Para a estudante Beatriz Ávila, “estes jogos têm uma extrema importância por mostrar o verdadeiro valor do esporte, que é de participar e se divertir”.

Durante a semana das Olimpíadas do CESO foram realizados diversos jogos em diferentes modalidades esportivas, tendo o encerramento e entrega de medalhas nos dias 11 e 12 de maio.

quinta-feira, 18 de maio de 2017

Centro Comunitário de Venda Nova retorna em junho


Centro Comunitário de Venda Nova - Foto: Jorge Maravilha

O prefeito Mario Tricano e o secretário de Agricultura, Raphael Teixeira, inauguraram nesta terça, 16/05, a obra de reforma do Centro Comunitário de Venda Nova, na área rural do município.

Construído pela Prefeitura em 2002, em parte do terreno do Centro Interescolar de Agropecuária José Francisco Lippi, o espaço, que estava desativado, foi totalmente recuperado pelo Governo Municipal, em parceria com o setor privado. A previsão é que o local volte a funcionar plenamente em junho, com cursos de processamento de produtos agrícolas.

Reforma e reativação

Recuperação do telhado, revisão das instalações elétricas e hidráulicas, troca de vidros das janelas e pintura geral foram alguns dos serviços realizados, sob a coordenação da Secretaria de Agricultura.

“O Centro Comunitário pertence à Prefeitura e ficará sob a gestão de Marlene Cupertino, diretoria do CIA José Francisco Lippi. Vamos disponibilizar cursos para os alunos da escola agrícola e toda a comunidade. É uma alegria, como ex-aluno do CIA e como secretário, poder reativar esse espaço”, destacou Raphael Teixeira, secretário de Agricultura.

Segundo Marlene Cupertino, responsável pela unidade, será montado um plano de ação para oficializar a reativação. “Precisamos atualizar o regimento do Centro Comunitário, que ficou fechado por muito tempo. Nossa proposta de trabalho é realizar cursos de processamento de produtos agrícolas, provavelmente a partir de junho. O espaço poderá ser utilizado também para atividades culturais e sociais”, informou Marlene.

Cozinha industrial e cursos

Já utilizada pelos alunos do curso técnico em agropecuária da escola agrícola de Teresópolis, a cozinha industrial do Centro Comunitário está toda equipada para os cursos que serão oferecidos, com fogão, cortador e fatiador de legumes, mesa em aço inox, liquidificador e masseira, entre outros.

“Isso significa empregabilidade, porque o Centro Comunitário possibilita várias práticas usando produtos que a região produz, como geléias, compotas e embutidos. Também há planos para trazer a comunidade das artesãs, para abrir uma nova frente, não só para Venda Nova, mas também para outros bairros vizinhos”, comentou Cláudia Fortes, professora do CIA José Francisco Lippi.

terça-feira, 16 de maio de 2017

Hospital das Clínicas comemorou o Dia das Mães


Dia das Mães no HCT - Foto: Unifeso

A Direção Geral e o Grupo de Trabalho de Humanização do Hospital das Clínicas de Teresópolis Costantino Ottaviano (HCTCO) mais uma vez elaboraram uma forma de contemplar as mulheres que estavam na unidade no Dia das Mães, comemorado no domingo, dia 14 de maio.

Membros do Grupo de Trabalho percorreram enfermarias e setores distribuindo sabonetes em formato de rosas perfumadas além de cartões personalizados, contemplando funcionárias de plantão e pacientes internadas. Para as recentes mamães do Serviço de Obstetrícia foram entregues kits com enxovais para os recém-nascidos.

Este ano o Serviço Social também participou das homenagens nesta data tão especial. Através de uma parceria com a fotógrafa Giulia Delgado, no dia 13 de maio os recém-nascidos foram fotografados com um ensaio Newborn, sendo as fotos reveladas e entregues no mesmo dia às mamães.

O evento teve como principal objetivo homenagear aquelas mães que precisam deixar seus filhos em casa para cuidar do próximo, ou seja, as funcionárias e, também as mães que precisaram deixar seus filhos para ficar em um leito hospitalar.

segunda-feira, 15 de maio de 2017

Curso de Odontologia do Unifeso tem novo coordenador


Cerimônia de posse - Foto: Unifeso

Em cerimônia realizada no dia 09/05, tomou posse o professor Alexandre Vicente Garcia Suarez como coordenador do curso de Odontologia do Centro Universitário Serra dos Órgãos (UNIFESO).

Professor desde 1990 na Instituição, Alexandre Suarez possui doutorado pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) na área de Ciências da Saúde. Para ele, “será um desafio, talvez o maior da minha profissão. Contudo, sinto-me lisonjeado pelo convite. Conto com todos para que juntos possamos trabalhar tendo como meta a qualidade acadêmica do nosso curso, tornando visível dentro e fora da Instituição tudo o que produzimos com nossa equipe”, apostou.

A ideia foi reforçada pelo professor José Feres Abido Miranda, Pró-Reitor Acadêmico, que prestigiou a solenidade. “Temos exercido um trabalho colaborativo e integrado, o que nos faz estar sempre superando nossos desafios”, proferiu.

Professora Mariana Beatriz Arcuri, diretora do Centro de Ciências da Saúde (CCS), depositou sua confiança no novo gestor do curso. “Este é um momento de revezamento entre membros da equipe do CCS. Confesso que foi muito tranquilizante para todos o seu aceite e acredito que teremos uma parceria de sucesso”, declarou durante a cerimônia de posse.

sexta-feira, 12 de maio de 2017

Unifeso dá posse aos membros do Diretório de Enfermagem

Membros do novo diretório Enfermagem - Foto: Unifeso

Os estudantes que atuarão nos anos de 2017 e 2018 à frente do Diretório Acadêmico da Faculdade de Enfermagem Professora Jane da Fonseca Proença – DAFE foram empossados no dia 2 de maio em cerimônia realizada no Campus Antonio Paulo Capanema de Souza do Centro Universitário Serra dos Órgãos (UNIFESO). A chapa vencedora foi a ‘Dinâmica’, que manteve muitos membros da chapa anterior, antiga ‘União Acadêmica’, entre o estudante Cleydson Vitorino Pires do quarto ano, presidente do diretório que se manteve na liderança.

Segundo ele, “ano passado conseguimos conquistar muitos passos, como os casacos personalizados do curso, a abertura de algumas Ligas Acadêmicas que hoje continuam ativas, iniciamos as negociações para reconquistarmos a cadeira do diretório do curso de Enfermagem no Conselho Municipal de Saúde de Teresópolis, além de ampliarmos o conhecimento e a participação da grande maioria dos nossos colegas em relação ao Diretório”. O estudante garantiu ainda que nesta nova jornada vai dar continuidade a projetos de cursos de extensão e cada vez mais buscar a interação dos acadêmicos.

“É muito importante ter o diretório acadêmico ativo dentro do curso para representar os estudantes, promover, levar e motivar os acadêmicos a participarem de atividades tanto internas quanto externas”, considerou a professora Selma Vaz Vidal, coordenadora do curso de Enfermagem.

Os membros da chapa “Dinâmica” que atuarão em 2017-2018 são:

Presidente: Cleydson Vitorino Pires;
Vice-presidente: Luiz Carlos Costa de Souza;
Secretária Assistencial: Tayná Lívia do Nascimento;
Secretária Executivo: Bianca da Silva Oliveira;
1º tesoureiro: Pedro Henrique Moreira;
2º tesoureiro: Luiz Gustavo Erthal Nogueira;
Diretora de Eventos: Sarah Delgado Braga;
Diretor Cultural: Elio Lucas Passos Hiath;
Diretor de Patrimônio: Lucas Queiroz;
Diretor de Esporte: Johnny Welber Bonvini Bueno;
Diretora de Relações Públicas: Nátali Vidal Rocha.

quinta-feira, 11 de maio de 2017

Teresópolis e o primeiro prefeito negro do Brasil


Imagem de arquivo ilustrativa

Exposição “O Indizível”, palestra do historiador Arthur Esteves e teatro com histórias e “causos” de personagens esquecidos de Teresópolis comporão a participação da cidade na 15ª Semana Nacional de Museus, de 16 a 20 de maio, na Casa da Memória Arthur Dalmasso, na Várzea.

A maneira mais comum de se transmitir memória é através de narrativas, que normalmente são elaboradas através de lembranças e relatos escritos, em geral, nas mídias oficiais. Porém, a 15ª Semana Nacional de Museus, em Teresópolis, tratará exatamente do “não dito” ou do “esquecido”, trazendo à memória o lado “oprimido” da história do Município.

Prefeito Negro

Como a do primeiro prefeito negro do Brasil, Nestor Augusto Pinto, nascido na cidade próxima de Paraíba do Sul, em 9 de abril de 1892. Engenheiro, casado com Felizminda Teixeira Pinto – chamada carinhosamente de Dona Mindoca – em 1924 veio a Teresópolis como topógrafo do Estado, realizando várias obras de melhorias municipais.

Em 1929, lançado como candidato a Prefeito pelo Dr. Olegário Bernardes, venceu o pleito pela esmagadora contagem de 907 votos a 10 de seu opositor, Dr. Júlio Eduardo da Silva Araújo. Porém, por ter apoiado a República Velha, foi destituído por Getúlio Vargas após a Revolução de 30, menos de um ano após tomar posse.

Este e outros causos serão contados em três dias de teatro sobre vários personagens esquecidos da cidade. Também uma palestra do historiador e guia turístico Arthur Esteves sobre “Roteiros Alternativos do Município” (dia 16, das 18h30 às 19h30) será um dos pontos altos da Semana de Museus – uma temporada cultural promovida pelo Ibram (Instituto Brasileiro de Museus) em comemoração ao Dia Internacional de Museus (18 de maio).

Nessa edição, mais de mil museus de todo o país oferecem ao público 3.000 atividades especiais, como visitas mediadas, palestras, oficinas, exibição de filmes e muito mais! A Casa da Memória Arthur Dalmasso fica no número 91 da Praça Balthasar da Silveira, no Centro (telefone 21 2742-2910), em frente à Igreja Matriz de Santa Teresa.

quarta-feira, 10 de maio de 2017

Estudantes de Medicina discutem 'Gênero e Sexualidade'


Palestra 'Gênero e Sexualidade' no Unifeso - foto: Unifeso

Estudantes do curso de Medicina do Centro Universitário Serra dos Órgãos (UNIFESO) se encontraram no Campus Antonio Capanema de Souza, no dia 3 de maio, para participar da palestra “Gênero e Sexualidade: correlações e diferenças”, ministrada pelo professo Daniel Segenreich, do Instituto de Psiquiatria (IPUB) da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

O evento lotou o auditório do Tribunal do Júri com acadêmicos interessados no tema, como Isabelle Gamberoni Assumpção, do terceiro período. Segundo ela, assuntos relacionados a Gênero e Sexualidade ainda não fazem parte dos currículos oficiais pedidos pelo Ministério da Educação, mas são demanda em todas as áreas de atuação médica.

“É nosso dever saber no mínimo como nos portar. Por definição, a mente da pessoa com disforia de gênero nasce em discordância ao seu sexo de nascimento o que gera sofrimento, confusão até que possam viver com essa condição. Nós da área de saúde em geral temos que ficar atentos às demandas dos pacientes e das suas necessidades uma vez que o objetivo central da nossa carreira é ajudá-los. O papel do médico generalista na disforia de gênero é saber reconhecer aspectos básicos, saber encaminhar ao especialista (no caso o psiquiatra) como também saber acolhê-lo e reduzir seu sofrimento. O objetivo de trazer essa discussão para dentro do curso de Medicina tem como questão central focar na consciência dos futuros médicos para que saibam cumprir esse papel com competência”, explicou Isabelle.

O evento foi uma iniciativa do Coletivo Amplo – Medicina Teresópolis, um movimento estudantil formado por discentes do curso de Medicina do UNIFESO que buscam o fim da opressão no ambiente universitário através da conscientização e discussão sobre o impacto dos preconceitos na sociedade, especialmente dentro do Centro Universitário.

Unifeso debate o futuro do mercado de trabalho

Aula Magna do Centro de Ciências e Tecnologia - Foto: Unifeso

Com o tema “O Futuro na Sociedade do Conhecimento”, o Centro Universitário Serra dos Órgãos (UNIFESO) realizou no dia 4 de maio a Aula Magna do Centro de Ciências e Tecnologia (CCT). Alunos ingressantes dos cursos de Ciência da Computação, Engenharia Civil e Engenharia de Produção assistiram à palestra ministrada pelo professor convidado Márcio Francisco Campos realizada no Campus Antonio Paulo Capanema de Souza, no Alto.

A professora Elaine Maria Paiva de Andrade, diretora do CCT, afirmou que quando se faz uma projeção sobre o futuro “é muito fácil achar que o outro é responsável pelo nosso sucesso. Quem está no primeiro ano não pode pensar que no quinto ano já estará completamente pronto para exercer a profissão, isso é um processo de construção eterno. É necessário arregaçar as mangas, não desperdiçar tempo, nem dinheiro. Cada um é dono do seu futuro, da sua história. Isso é muito importante e a gente está aqui para mostrar isso porque a transparência é algo fundamental”.

“Não estamos em uma era de mudanças, mas estamos numa mudança de era. Isso faz com que uma nova cultura surja e ela já está acontecendo. Hoje é necessário continuar estudando continuamente, a vida toda. Além disso, as máquinas estão assumindo cada vez mais processos cognitivos, isso é um problema que teremos que encarar lá na frente. Nossa sociedade está mudando radicalmente, não há como prever o futuro, o que sabemos é que ele será muito diferente do que vemos e vivenciamos. É preciso construí-lo com sabedoria e nada melhor do que fazer isso começando dentro da escola”, destacou o palestrante

terça-feira, 9 de maio de 2017

Cultura de Raiz em homenagem a Noel Rosa e ao Dia das Mães


Cultura de Raiz - Foto de arquivo

A Casa de Cultura Adolpho Bloch, em Araras, estava cheia no primeiro domingo de maio, dia 7, e o projeto “Cultura de Raiz” comemorava o Centenário de Noel Rosa e homenageava antecipadamente as mães pelo seu dia, no domingo seguinte. Foram 17 apresentações em mais de três horas de música, de todos os estilos. E já começou bem: Frei José, da Igreja de Nossa Senhora de Fátima, foi assistir ao evento e começou com um pequeno discurso, com destaque para duas frases emblemáticas: “Pelas estradas da vida, nunca sozinho estás!” e “A vida está cheia de artistas!”

Logo em seguida, foram 16 apresentações de todos os gêneros, com destaque para músicas de Roberto Carlos e a apresentação do grande coral Cantores da Serra, que literalmente encheu o palco. Com direito a lanche farto e boa música, o “forrobodó” só terminou às 13h15, em um domingo friozinho e ensolarado.

'Esse Palco vai dar Trabalho' leva artistas à Feirinha de Teresópolis


Cantora Lorena Martins e o DJ Vinicius Fernandes - Foto: PMT

Cantando músicas autorais, MPB e sucessos internacionais, a Banda Arte e Luz, com os músicos Charles Anjo, Oziel Silva e Manoel Francisco, e a dupla Luna Comet, com a cantora Lorena Martins e o DJ Vinicius Fernandes, fizeram sucesso neste fim de semana na Feirinha de Teresópolis, em mais uma edição do projeto ‘Esse Palco vai dar Trabalho’.

Iniciativa da Secretaria de Trabalho, Emprego e Economia Solidária, o projeto dá oportunidade aos artistas da cidade e garante entretenimento aos visitantes do atrativo turístico. “Com bandas dessa qualidade o projeto fica cada vez mais consistente, mostrando que veio para ficar. O prefeito Tricano sempre nos cobra isso, que busquemos parcerias para realizar eventos de qualidade e a custo zero para o município. A proposta é promover atividades artísticas, atrair um público diferente, que não está acostumado a frequentar a Feirinha e, ao mesmo tempo, aquecer a economia, gerando emprego e renda”, assinalou o secretário Marcus Vinicius Ramos (Marcão).
 
Os expositores aprovam a iniciativa. “Faz bem para o feirante e atrai o público. Tem muito artista na cidade escondido, é preciso mostrar o trabalho dessas pessoas, e a Feirinha é um ótimo lugar pra isso”, opinou a expositora auxiliar Carolina Candida, do estande Art4ina Artesanato.

Atuando há 22 anos na área de alimentação da Feirinha de Teresópolis, Marcos Antonio Alvarenga, o Marcão Chapa Quente, do boxe Terê Grill, é um dos parceiros do projeto ‘Esse Palco vai dar Trabalho’. “Esse evento é um sonho antigo que o secretário Marcão articulou para nós. Além de divulgar os talentos da cidade, mantém o público na praça de alimentação. Temos que agradecer à Secretaria de Trabalho pela oportunidade que dá aos artistas e também aos comerciantes da Feirinha, que depois de 22 anos ganhou um evento contínuo”, pontuou.

Som no palco

Com músicas autorais, como ‘Welcome to Teresópolis’, que enaltece as belezas e potencialidades da cidade, e sucessos como ‘O bêbado e a equilibrista’, entre outros, a banda Arte e Luz foi a primeira a se apresentar no sábado, dia 6, no palco especialmente montado para o projeto.

Charles Anjo chegou na cidade em 2004, lançou o seu primeiro CD e agora está de volta ao cenário musical depois de um tempo afastado. Junto com Oziel Silva, que é professor de teoria musical e de saxofone no núcleo Teresópolis da Escola de Música Villa-Lobos, e o empresário Manoel Francisco, que são instrumentistas experientes, formou a banda.

“Gostaria de levantar a bandeira desse projeto solenemente, pois qualquer iniciativa de um governo de um município para ajudar os músicos vai abençoar a todos. Eu acredito que os turistas estão desfrutando, porque o projeto não é só música. Aqui vai ter teatro, poesia e muitas atrações relativas à arte e à cultura em geral. Parabéns à cidade”, enalteceu Charles Anjo.

Som na tenda

Com um tom mais intimista, a cantora Lorena Martins e o DJ Vinicius Fernandes apresentaram um repertório eclético, com músicas nacionais e internacionais, em uma das tendas da praça de alimentação da Feirinha de Teresópolis. Formada em 2014, a dupla Luna Comet tem um CD lançado e diversos videoclipes que podem ser assistidos em seu canal no YouTube.

“Quanto mais oportunidades os músicos tiverem, melhor. A Feirinha é um ponto de referência bem localizado, que recebe visitantes do Rio de Janeiro, de Petrópolis e Friburgo, entre outros. Nós temos a chance de fazer contato com novos clientes e pessoas que podem se interessar por nosso trabalho e até nos contratar. E música chama mais visitantes para a Feirinha. Eu acho o projeto bem interessante e importante”, destacou a cantora Lorena.

O secretário municipal de Trabalho lembrou que o projeto ‘Esse palco vai dar Trabalho’ acontece todo fim de semana. “A Feirinha de Teresópolis hoje vive outros tempos, e isso é notório. Realizar um evento como esse é oportunizar a esses músicos tão talentosos que eles mostrem seu trabalho, consigam outros lugares para se apresentar e que possam sobreviver da música”, concluiu Marcão.