sexta-feira, 7 de abril de 2017

Seminário de Acessibilidade discutiu superdotados


V Seminário de Acessibilidade do UNIFESO - Foto: Unifeso

“Altas habilidades ou superdotação” foi o tema do V Seminário de Acessibilidade do Centro Universitário Serra dos Órgãos (UNIFESO), promovido pelo Núcleo de Apoio Psicopedagógico e Acessibilidade (NAPPA) e assistido por dirigentes, professores, funcionários técnicos administrativos e estudantes da Instituição, além da comunidade externa, como representantes de colégios de Teresópolis.

“Temos nos empenhado na questão da acessibilidade com muita responsabilidade e tem sido uma experiência muito nobre, é um esforço de aprendizado para todos nós. Vejo o tema deste seminário de muito interesse, porém pouco conhecido por muitos de nós”, notou o professor José Feres Abido Miranda, Pró-Reitor Acadêmico.

A palestra foi proferida pela psicóloga doutora em Educação Cristina Delou, presidente do Conselho Brasileiro para Superdotação. Segundo ela, esta é uma alçada da acessibilidade e uma das principais dificuldades para tratar desse assunto são as barreiras operacionais, ou seja, “atitudes indevidas dos professores, dos estudantes, dos técnicos e da comunidade em geral. Os grandes pesquisadores brasileiros saem dos grupos de altas habilidades/superdotação invisíveis nas escolas. São alunos que demandam atendimento educacional especializado, aqueles que vão mais rápido que o professor”, adiantou a especialista.

Nenhum comentário:

Postar um comentário